Federação Portuguesa de Motonautica

Portugal alcança mais 4 lugares nos órgãos da UIM

Portugal alcança mais 4 lugares nos órgãos da UIM

91ª Assembleia Geral Anual da UIM em Beirut

O rescaldo das eleições integradas no programa oficial da Assembleia Geral foi muito positivo para as ambições nacionais. Pelo menos nos próximos dois anos, a FPM tem mais 3 representantes em comissões sectoriais da entidade máxima mundial e viu nomeado 1 representante para a presidência de um comité.

A Assembleia Geral da UIM de Beirute incluiu a eleição de novos membros para o Conselho de Administração e para as diferentes Comissões Técnicas da UIM.

21 países tinham poder eleitoral, tendo 19 exercido o mesmo, numas eleições disputadas, cujo interesse ficou bem patente cm o grande número de candidatos apresentados pelo universo de autoridades nacionais integrantes da UIM.

Portugal esteve em destaque, conseguindo eleger 3 novos representantes nacionais para a UIM.

Gil Pedroso foi eleito para o COMINSAFE, comissão com autoridade sobre a segurança, regras e regulamentos específicos para todas as disciplinas de corrida.

Já Joaquim Amândio Santos reuniu os votos para assegurar um lugar na PLEASURE NAVIGATION COMISSION. Esta comissão tem um mandato muito amplo já que tutela a ligação com organizações internacionais e com governos, a supervisão de aspectos de segurança e questões ambientais, competições de expedição e de resistência, corridas de regularidade, rádio controlados, competições históricas de barcos e o planeamento dos calendários em causa.

Por seu lado, Frederico Silva alcançou a entrada para o COMINOFF, comissão que supervisiona o estudo, elaboração e aplicação das regras para a competição offshore, bem como o planeamento do calendário de corridas.

Uma referencia para o facto de Portugal ter alcançado, conjuntamente com os Estados Unidos da América, 3 eleitos. Os restantes países a almejarem reunir votos suficientes para eleger os seus candidatos foram o Mónaco, a China, a Suécia, a Bélgica e Malta, mas todos com apenas um eleito no computo geral das eleições a UIM.

Este feito realça, nas palavras de Paulo Ferreira, Presidente da FPM, não apenas “o trabalho realizado pela nossa delegação na defesa dos nossos candidatos e dos seus programas de ação mas também o prestígio que a FPM e Portugal recolhem junto da UIM e de todos os países presentes nesta Assembleia Geral”, esperando ainda que “este reforço da nossa representatividade nos órgãos da UIM tenha continuidade, mercê do trabalho a realizar e que, temos total certeza, será de grande qualidade, pois sabemos muito bem quem propusemos para os lugares alcançados”.

Para além do sucesso eleitoral, Portugal viu ainda Luís Miguel Ribeiro sair da reunião magna realizada em território libanês como “chairman” do importante “Formula 1 Committee”, onde são tratadas todas as questões à volta da F1 Racing, fórmula de topo da motonáutica mundial. Assume assim a presidência de um comité onde já era o numero dois, dando continuidade à sua carreira internacional.

Esta nomeação é, para o presidente da FPM, o justo “reconhecimento de todo o trabalho que o Luís Miguel Ribeiro tem feito ao longo dos anos, denotando ainda confiança na sua capacidade para liderar os destinos da comissão”. Paulo Ferreira quis “felicitar o nosso representante que, com esta nomeação, prestigia de forma vincada a nossa Federação e o nosso país”.

Please follow and like us:

Deixe um comentário